Canteiro de Obras



Considerações sobre NR 10 CANAL INFORMATIVO A legislação para EPI EPIs X Insalubridade Perda da Audição Recuperação Térmica WhatsApp X Justa Causa Plano de Contingência NR 35 Sistemas e Equipamentos Canteiro de Obras NBR X NR Prontuário Elétrico Ruído na Construção Civil O que é LTCAT Procedimentos em Obras Segurança e Sustentabilidade Levante dessa cadeira Seminário Construção Civil Inscrição Abertas NR 35 PMOC O CONSTRUIR - Dez 2014 O CONSTRUIR - Nov 2014 O CONSTRUIR - Out 2014 Profissional de SST Cimento X Insalubridade Responsabilidade X EPI Iluminância de Interiores Levantamento Ambiental LAIA Nível Sonoro em dB A Manutenção Elétrica Arcos Elétricos Gestão Sustentável Nossa FANPAGE Primeiro Emprego do TST Os perigos da solda Auditoria Ambiental Acidente com Amônia O CONSTRUIR - Fev 2015 Boletim da Prevenção Governo combate acidente Fanzendo uma palestra Gases em espaço confinado O CONSTRUIR Abril 2015 Estrutura do PPRA Ag. químicos na construção Avaliação de Calor Dicas de Consultoria Planejando o Treinamento Como organizar SIPAT Perdas na construção civil As regras da consultoria Energias perigosas Assessoria ou Consultoria Qualidade do Ar de Interiores Ruído ambiental e ocupacional Padrão no uso de cabo de aço O trabalho a céu aberto 27 de Novembro Limites de Tolerância LT Quantitativa ou Qualitativa Aerodispersóides Dia da Construção Social Contaminantes no AR Guindaste - MUNCK Plataformas elevatórias Aterramento Temporário Legislação Energia Perigosas Risco Elétrico Risco Arco Elétrico SEP - Método de Trabalho Instalações em obras Bernardes Gestão e Serviços Avaliação de poeiras Erros no Treinamento Proibição do Amianto CANPAT 2017 - 2018 Periodicidade de Calibração

Planejamento do canteiro de obras - Construção civil

Uma etapa que nem sempre recebe a devida atenção é o planejamento do canteiro de obras. É um grave erro, pois uma vez mal lançado, pode refletir em futuros problemas de operacionalização das atividades.

A instalação do canteiro de obras em um terreno dá início aos movimentos de alocação dos principais componentes e fluxos operacionais, ganhando forma às instalações provisórias que são necessárias para o andamento das atividades, cabendo ressaltar:
 

- Tapumes de fechamento do terreno;
- Barracões com vestiários, banheiros e áreas de convivência dos trabalhadores;
- Escritórios administrativos;
- Almoxarifados e depósitos de materiais;
- Instalações de luz, água e força.

Para entendermos o planejamento de um canteiro de obras podemos dividir em duas principais diretrizes: 

Operacional: compreende todos os processos e sistematizações dos serviços;

Físico e financeiro: a locação das atividades e sua relação de custos.

Uma primeira análise norteia a delimitação do planejamento inicial do canteiro, resumidas nos itens a seguir:

- Elencar as premissas operacionais;
- Optar pelo processo de construção;
- Projetar o layout do canteiro de obras;
- Escolher os equipamentos para a execução da obra;
- Estabelecer as etapas da obra;
- Prever as necessidades de mão de obra, quantitativa e qualitativamente;
- Analisar, sob o ponto de vista de economia, os partidos adotados;
- Prever os recursos financeiros necessários.

O planejamento requer organização e para alcançar isso se estabelece uma coerência entre os trabalhadores, os materiais, equipamentos e processos construtivos. 

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO